Pesquise no blog

sábado, 26 de setembro de 2015

REFLEXÃO

REFLEXÃO

SE PUDÉSSEMOS TER CONSCIÊNCIA DO QUANTO
NOSSA VIDA É EFÊMERA, TALVEZ PENSÁSSEMOS
DUAS VEZES ANTES DE JOGAR FORA AS
OPORTUNIDADES QUE TEMOS DE SER E DE FAZER
OS OUTROS FELIZES. MUITAS FLORES SÃO COLHIDAS
CEDO DEMAIS. ALGUMAS, MESMO AINDA EM BOTÃO.
HÁ SEMENTES QUE NUNCA BROTAM E HÁ AQUELAS
FLORES QUE VIVEM A VIDA INTEIRA ATÉ QUE, 
PÉTALA POR PÉTALA, TRANQUILAS, VIVIDAS,
SE ENTREGAM AO VENTO.
MAS A GENTE NÃO SABE ADIVINHAR. A GENTE
NÃO SABE POR QUANTO TEMPO ESTARÁ 
ENFEITANDO ESTE ÉDEN E TAMPOUCO
AQUELAS FLORES QUE FORAM PLANTADAS
AO NOSSO REDOR. E DESCUIDAMOS.
CUIDAMOS POUCO. DE NÓS, DOS OUTROS.
NOS ENTRISTECEMOS POR COISAS PEQUENAS
E PERDEMOS E MINUTOS E HORAS PRECIOSOS.
PERDEMOS DIAS, ÀS VEZES ANOS.
NOS CALAMOS QUANDO DEVERÍAMOS FALAR, 
FALAMOS DEMAIS QUANDO DEVERÍAMOS
FICAR EM SILÊNCIO. NÃO DAMOS O ABRAÇO
QUE TANTO NOSSA ALMA PEDE PORQUE ALGO
EM NÓS IMPEDE ESSA APROXIMAÇÃO. NÃO
DAMOS UM BEIJO CARINHOSO, " PORQUE NÃO 
ESTAMOS ACOSTUMADOS COM ISSO" E
NÃO DIZEMOS QUE GOSTAMOS PORQUE
ACHAMOS QUE O OUTRO SABE
AUTOMATICAMENTE O QUE SENTIMOS.
E PASSA A NOITE... E CHEGA O DIA...
O SOL NASCE E ADORMECE E
CONTINUAMOS OS MESMOS, FECHADOS
EM NÓS. RECLAMAMOS DO QUE NÃO
TEMOS, OU ACHAMOS QUE NÃO TEMOS
O SUFICIENTE. COBRAMOS DOS OUTROS.
DA VIDA. DE NÓS MESMOS. NOS CONSUMIMOS.
COSTUMAMOS COMPARAR NOSSAS VIDAS
COM AS DAQUELES QUE POSSUEM MAIS
QUE A GENTE. E SE EXPERIMENTÁSSEMOS
COMPARAR COM AQUELES QUE POSSUEM
MENOS? ISSO FARIA UMA GRANDE DIFERENÇA!
E O TEMPO PASSA....
PASSAMOS PELA VIDA, NÃO VIVEMOS.
SOBREVIVEMOS, PORQUE NÃO SABEMOS
FAZER OUTRA COISA.
ATÉ QUE, INESPERADEMENTE, ACORDAMOS E
OLHAMOS PRA TRÁS. E ENTÃO NOS
PERGUNTAMOS E AGORA?!
AGORA, HOJE, AINDA  É TEMPO DE
RECONSTRUIR ALGUMA COISA, DE DAR O
ABRAÇO AMIGO, DE DIZER UMA PALAVRA 
CARINHOSA, DE AGRADECER PELO QUE
TEMOS.
NUNCA SE É VELHO DEMAIS OU JOVEM DEMAIS,
PARA AMAR, DIZER UMA PALAVRA GENTIL OU
FAZER UM GESTO CARINHOSO.
NÃO OLHE PARA TRÁS. O QUE PASSOU, PASSOU.
O QUE PERDEMOS, PERDEMOS.
OLHE PARA FRENTE!
AINDA É TEMPO PARA APRECIAR AS FLORES
QUE ESTÃO INTEIRAS AO NOSSO REDOR.
AINDA É TEMPO DE VOLTAR-SE PARA DENTRO
E AGRADECER PELA VIDA, QUE MESMO
EFÊMERA, AINDA ESTÁ EM NÓS.



quinta-feira, 24 de setembro de 2015

EXCESSO DE FERRO PREJUDICA A SAÚDE

EXCESSO DE SANGUE

HEMOCROMATOSE

OS GLÓBULOS BRANCOS SÃO OS LEUCÓCITOS,
RESPONSÁVEIS PELA DEFESA DO ORGANISMO,
OS GLÓBULOS VERMELHOS CONTÉM A
HEMOGLOBINA RESPONSÁVEIS PELO 
TRANSPORTE DE OXIGÊNIO PARA AS
CÉLULAS, ESSE PROCESSO DE PRODUÇÃO
DE ENERGIA DO ORGANISMO, QUE PRECISA
DE MINERAL FERRO PARA FUNCIONAR BEM.
ENTRETANTO , HÁ QUEM ACUMULE O MINERAL
EM QUANTIDADE SUPERIOR À NECESSÁRIA.
OS PORTADORES DE HEMOCROMATOSE, 
ALTERAÇÃO GENÉTICA QUE FAZ COM
QUE O ORGANISMO ABSORVA O FERRO
EM QUANTIDADE MAIORES OU NÃO
FAÇA SUA ELIMINAÇÃO ADEQUADA.
O EXCESSO DE FERRO NO SANGUE PODE
PROVOCAR FERRUGEM NOS ÓRGÃOS, NO
FÍGADO PODE CAUSAR CIRROSE, NO
PÂNCREAS, DIABETES, NO CORAÇÃO 
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E
PROBLEMAS NA PRODUÇÃO 
HORMONAL.

SINTOMAS

FADIGA
FRAQUEZA
DOR ABDOMINAL
PERDA DE PESO
ARRITMIAS CARDÍACAS
DOR NAS JUNTAS
INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA

DICA
A CARNE É A PRINCIPAL FONTE DE FERRO,
MAS NÃO PODEMOS EXAGERAR


domingo, 6 de setembro de 2015

DIAGNÓSTICO DE SEGURANÇA/PROTEÇÃO

DIAGNÓSTICO

RISCO DE INFECÇÃO
RISCO DE ASPIRAÇÃO
RISCO DE CHOQUE
DENTIÇÃO PREJUDICADA
DESOBSTRUÇÃO INEFICAZ DAS VIAS AÉREAS
RISCO DE DISFUNÇÃO NEUROVASCULAR PERIFÉRICA
INTEGRIDADE DA PELE PREJUDICADA
INTEGRIDADE TISSULAR PREJUDICADA
RISCO DE LESÃO
RISCO DE LESÃO POR POSICIONAMENTO PERIOPERATÓRIO
RISCO DE LESÃO TÉRMICA
MUCOSA ORAL PREJUDICADA
RISCO DE OLHO SECO
RISCO DE QUEDAS
RECUPERAÇÃO CIRÚRGICA RETARDADA
RISCO DE SANGRAMENTO
RISCO DE SÍNDROME DA MORTE SÚBITA DO LACTENTE
RISCO DE SUFOCAÇÃO
RISCO DE TRAUMA
RISCO DE TRAUMA VASCULAR
AUTOMUTILAÇÃO
RISCO DE AUTOMUTILAÇÃO
RISCO DE SUICÍDIO
RISCO DE VIOLÊNCIA DIRECIONADA A OUTROS
RISCO DE VIOLÊNCIA DIRECIONADA A SI MESMO
CONTAMINAÇÃO
RISCO DE CONTAMINAÇÃO
RISCO DE ENVENENAMENTO
RISCO DE RESPOSTA ALÉRGICA
RESPOSTA ALÉRGICA AO LÁTEX
RISCO DE REPOSTA ALÉRGICA AO LÁTEX
HIPERTERMIA 
HIPOTERMIA
TERMORREGULAÇÃO INEFICAZ




quarta-feira, 2 de setembro de 2015

FIBROSE CÍSTICA

TESTE DO PEZINHO

DOENÇA HEREDITÁRIA CARACTERIZADA
PELO ACÚMULO DE SECREÇÃO NO PULMÃO
E NO PÂNCREAS PODE INTERFERIR NA
VIDA DO PACIENTE.
DOENÇA GENÉTICA, PASSANDO DE
PAI PARA FILHO, ALTERANDO OS 
PULMÕES, PÂNCREAS, FÍGADO E
INTESTINO.
POR SER UMA DOENÇA POUCO 
CONHECIDA GERA INSEGURANÇA
E ANSIEDADE POR PARTE DOS PAIS
E FAMILIARES DURANTE A SUA
CONFIRMAÇÃO.

SINTOMAS

- SINUSITE E/OU PÓLIPOS NASAIS
- OBSTRUÇÃO INTESTINAL LOGO
NAS PRIMEIRAS HORAS DE VIDA
- TOSSE CRÔNICA
- BRONQUIECTASIAS
- TRANSPIRAÇÃO ABUNDANTE
- DEFICIÊNCIA DE GANHO DE PESO
- DIARREIA CRÔNICA

PODENDO OCORRER HEPATOPATIAS
DIABETE, INFECÇÃO RESPIRATÓRIA E
INFERTILIDADE.

COMPLICAÇÕES

HEMOTÓRAX
PNEUMOTÓRAX
OBSTRUÇÃO INTESTINAL

DIAGNÓSTICO

TESTE DO SUOR
EXAME DO PEZINHO
TESTE GENÉTICO

TRATAMENTO

A DOENÇA NÃO TEM CURA, MAS O
TRATAMENTO CONSISTE EM
REMOVER AS SECREÇÕES COM 
INALOTERAPIA, FISIOTERAPIA
RESPIRATÓRIA E ANTIBIÓTICO
AJUDA NA SAÍDA DAS SECREÇÕES.

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

- REALIZAR OS PROCEDIMENTOS
- PROPORCIONAR O TRATAMENTO E
A REABILITAÇÃO DOS CLIENTES E
FAMÍLIA CAPACITANDO PARA O
AUTO CUIDADO
- PLANEJAR OS CUIDADOS
NECESSÁRIOS DURANTE O
TRATAMENTO.