Pesquise no blog

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ATENÇÃO PARA EVITAR ESQUECIMENTO DE CRIANÇAS!!!

NATAL

O FIM DE ANO CHEGOU, FÉRIAS
EVENTOS DIVERSOS E OS PAIS
DEVEM REDOBRAR A ATENÇÃO
PARA EVITAR ESQUECIMENTOS
NO CARRO, NA PRAIA, NO
SHOPPING, NO PARQUE
ENFIM....
PROCURAR DEIXAR A BOLSA
ONDE A CRIANÇA ESTÁ
SENTADA E UMA ÓTIMA
DICA PARA NÃO
ESQUECER A CRIANÇA.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO


sábado, 13 de dezembro de 2014

MEDOS EM CRIANÇA

CRIANÇA

A criança nasce com capacidade de
sentir medo, demonstrando por
uma excitação geral; mas com o
desenvolvimento surgem os medos
reais, relacionados com suas
experiências.
Alguns medos surgem da imitação e
identificação dos adultos. A criança
percebe as inseguranças e temores
dos pais, mesmo quando tentam
escondê-los.
Funcionando como motivação para
a criança realizar novas aprendizagens,
adaptando-se ao meio, alguns medos
servem à preservação da vida.
Ex: medo do fogo.
A partir de seu desenvolvimento
intelectual, a criança começa a
prever consequências naturais
(mortes...). Um  dos medos
mais angustiantes da
infância é o temor da perda
dos pais. Deve-se evitar
chantagem emocional com
as crianças. Também deve ser
permitida a expressão dos
sentimentos negativos, pois
desde cedo a criança
desenvolve sentimentos
ambivalentes.
Quando os medos são
muito intensos, prejudicando
o relacionamento da criança
com o mundo, deve-se
procurar ajuda especializada.
A partir dos 6-7 anos, com
a evolução cognitiva e social,
a criança começa a interiorizar
as regras e as leis de
comportamento, desenvolvendo
consciência autônoma.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

ALERGIA A ANIMAIS DOMÉSTICO

ANIMAIS

OS ANIMAIS DOMÉSTICOS SÃO MUITO
QUERIDO POR CRIANÇAS, CÃES, GATOS,
PÁSSAROS, HAMSTERS, MÁS ALGUMAS
CRIANÇAS DESENVOLVEM ALERGIAS
À ESTES ANIMAIS.
ACONTECE QUE OS ANIMAIS POSSUEM
PELOS E PENAS E DESPRENDEM
PROTEÍNAS DE SUAS CASCAS E
TAMBÉM A SALIVA E URINA PODEM
CAUSAR ALERGIAS, CAUSANDO
SINTOMAS, AS PESSOAS QUE TEM
ALERGIA MESMO NÃO TENDO
ANIMAIS EM CASA, MÁS SE
RECEBE UMA VISITA E A
PESSOA NÃO TROCOU A
ROUPA PODE DESENCADEAR
A ALERGIA, PESQUISAS
DEMONSTRARAM A PRESENÇA
DE ALÉRGENO DO GATO NO
AMBIENTE ATÉ SEIS MESES
APÓS À RETIRADA DO
ANIMAL.
MAIS PARA QUE O PROCESSO
ALÉRGICO ACONTEÇA COM
A FORMAÇÃO DE ANTICORPOS
CONTRA O ALÉRGENO DO
ANIMAL DEVE OCORRER UM
CONTATO INICIAL MÁS
TAMBÉM A ALERGIA PODE
ACONTECER APÓS ALGUM
TEMPO DE CONVIVÊNCIA
COM O ANIMAL TAMBÉM.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

CONHECENDO UMA SALA DE EMERGÊNCIA


EPILEPSIA

EPILEPSIA

EPILEPSIAS são um conjunto complexo
de sinais e sintomas que aparecem de
forma paroxística- isto é, com início e
término abruptos.
Caracteriza por descargas anormais
e excessivas das células nervosas
em alguma parte do cérebro. Não
é de caráter transmissível.
Sua etiologia (origem) pode
ser de causa desconhecida
(epilepsia idiopática) ou
consequente de anomalias
congênitas, traumatismo
craniano, infecções...

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

- a enfermagem deve evitar que
ocorram lesões com o paciente,
objetivando apoio físico e
psicológico
- proteger o paciente de
curiosos
- deixar o paciente deitado,
não impedindo sua movimentação
psicomotora
- quando o paciente despertar,
orientá-lo para o meio,
tranquilizando-o

obs: o paciente e sua família
devem ser orientados sobre
a patologia e a importância
do tratamento.



MALÁRIA

MALÁRIA

MALÁRIA é uma doença parasitária aguda
também conhecida como impaludismo,
maleita, febre dos pântanos, febre das
selvas, terçã benigna, etc.
É caracterizada por acessos febris
intermitentes, com intervalos
de 24 a 72 horas e
acompanhada de anemia,
esplenomegalia e hepatomegalia.

SINTOMAS
- mal estar
- anorexia
- febre
- calafrios
- sudorese
- icterícia
- náuseas
- vômitos
- cefaléia

TRANSMISSÃO
- natural: através da picada
da fêmea do anofelino
infectada.
- indireta: através de objetos
contaminados com sangue ou
pela própria transfusão de
sangue contaminado.

CUIDADOS DE ENFERMAGEM

- isolamento precauções com
sangue e fluidos corpóreos
- avental
- luvas
- lavar as mãos antes e após
higienização do paciente
- controlar sinais vitais
- controlar os picos febris
- repouso no leito
- incrementar prescrição
médica e de enfermagem

CONHECENDO UM CARRINHO DE EMERGÊNGIA


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

BALÃO INTRA AÓRTICO

BALÃO INTRA AÓRTICO


O QUE É BALÃO INTRA AÓRTICO?

É um cateter balão inserido através
de uma artéria até o nível da aorta
descendente(femural)

FINALIDADE

- melhorar o desempenho do
ventrículo esquerdo pelo aumento
da perfusão coronariana e a
diminuição do consumo de O2
- melhorar a perfusão cerebral e
periférica
- não e capaz de gerar débito
cardíaco independente do
coração

INDICAÇÕES
- angina instável refratária
- choque cardiogênico
- arritmia cardíaca refratária
- complicações do IAM
- comunicação interventricular(civ)
- angioplastia
- outros tipos de cirurgia com grave
disfunção de VE

CUIDADOS DE ENFERMAGEM
- observar a cada plantão, o
manômetro do gás helio
- observar os eletrodos de ECG do
console (BIA) se estão bem
conectados ao tórax do paciente
- observar o sistema de pressão
arterial invasiva do BIA quanto
a pressão da bolsa, permeabilidade
do cateter e troca do soro
fisiológico a cada 24 horas.

CUIDADOS DE ENFERMAGEM
COM O PACIENTE
- verificar pulsos pediosos
- verificar temperatura dos MMII
- verificar perfusão distal
- manter aquecido o membro
inferior onde está puncionado
o introdutor e trocá-lo a
cada 24 horas ou se necessário
- mudar decúbito para o
lado oposto ao membro afetado
- cuidado para tirar o eletrodo
na hora do banho.

EQUIPAMENTOS PARA SALA DE EMERGÊNCIA

SALA DE EMERGÊNCIA

1- RESPIRADOR(VENTILAÇÃO
MECÂNICA)
2- MONITOR MULTIPARAMÉTRICO
(SINAIS VITAIS)
3- REDE DE GASES(BLENDER)
4- APARELHO DE CARDIOVERSÃO
5- BOMBA DE INFUSÃO


VÍDEO DISPOSITIVO PARA INTUBAÇÃO


MATERIAIS PARA INTUBAÇÃO

MATERIAIS INTUBAÇÃO

- LÂMINAS ADULTO E INFANTIL
- AMBU NEO NATAL, PEDIÁTRICO
E ADULTO


- APARELHO PARA VENTILAÇÃO
MECÂNICA(RESPIRADOR)


- SONDAS ENDOTRAQUEAIS DE
DIVERSOS CALIBRES



COMPONENTES DO CARRINHO DE EMERGÊNCIA

CARRINHO DE EMERGÊNCIA

1ª-  GAVETA- medicamentos

2ª- GAVETA- materiais simples
jelcos, microopore, scalp,equipos,
e outros

3ª GAVETA- soros, ringer,bicarbonato

4ª GAVETA- ambu, cânulas, eletrodos
fio guia, cateter central...

DROGAS UTILIZADAS EM
TERAPIA INTENSIVA

NORADRENALINA- vasoconstritora
NITROPRUSSIATO DE SÓDIO-(NIPRIDE)
vasodilatadora
NITROGLICERINA DE SÓDIO
(TRIDIL)- vasodilatação coronariana
DOBUTAMINA- inotrópica e
vasodilatadora
RIMACOR- inotrópica usada em
choque cardíogênico
DROTRECOGINA(XIGRIS)
indicada- sepse grave
SIMDAX(LEVOSIMENDAM)
indicada-insuficiência cardíaca
THIOPENTAL(barbitúrico)
usado para HIC