quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

O QUE É MASSAGEM?



ESFREGAR ÁREAS QUE DOEM É UMA RESPOSTA
HUMANA NATURAL. OUTROS MAMÍFEROS TÊM
A MESMA REAÇÃO. A MASSAGEM BASEIA-SE
NA MESMA IDEIA: ESFREGAR E MANIPULAR
MÚSCULOS AJUDA A REDUZIR A DOR E
AUXILIAR A CURA.

A MASSAGEM É ÚTIL PARA SER FISICAMENTE
E EMOCIONALMENTE. O ESFREGAR ACALMA
OS MÚSCULOS DOLORIDOS E LIBERA A
TENSÃO NO CORPO E NA MENTE.

A TERAPIA DE MASSAGEM FOI CONSIDERADA
ÚTIL NO TRATAMENTO DE:

DOR NAS COSTAS
ANSIEDADE
PRESSÃO ALTA
DOR DE CABEÇA DE ENXAQUECA
SINTOMAS DO TÚNEL DO CARPO
EFEITOS COLATERAIS DO CÂNCER E
TERAPIA DO CÂNCER

MASSAGEAR MÚSCULOS E TECIDOS MOLES
ESTIMULA OS NERVOS. TAMBÉM AUMENTA
O FLUXO SANGUÍNEO E ALIVIA O ESTRESSE
NOS MÚSCULOS. AO LONGO DOS SÉCULOS,
MUITAS TÉCNICAS DE MASSAGEM 
DESENVOLVERAM-SE INCLUINDO:

MASSAGEM SUECA- ESTA TÉCNICA DE
MASSAGEM ENVOLVE O USO DE TRAÇOS
LONGOS E SUAVES. OS TRAÇOS AMASSAM
E COMPRIMEM OS MÚSCULOS COM 
MOVIMENTOS CIRCULARES PROFUNDOS,
VIBRAÇÕES E BATIDAS.

SHIATSU- ESTA FORMA DE MASSAGEM É
UMA FORMA DE ACUPRESSÃO. ISSO ENVOLVE
PRESSIONAR CERTOS PONTOS-CHAVE DO CORPO.

MASSAGEM TAILANDESA- ESTA TÉCNICA DE
MASSAGEM TAMBÉM ENVOLVE O USO DE IOGA
E CERTOS MÉTODOS DE MEDICINA TRADICIONAL
CHINESA.

AS MASSAGENS GERALMENTE SÃO DADAS
EM UMA SALA SILENCIOSA, COM MÚSICA DE
FUNDO CALMANTE . UMA PESSOA GERALMENTE
DEITA-SE EM UMA MESA DE MASSAGEM OU 
EM UMA CADEIRA DE MASSAGEM. A MASSAGEM
USA UM GRUPO DE TÉCNICAS MANUAIS, COMPOSTA
DE PRESSÃO FIXA E MÓVEL. 


FONTE: HOPKINS MEDICINE


sábado, 16 de dezembro de 2017

COMO EVITAR QUE OS ANTIIFLAMATÓRIOS IRRITEM O ESTÔMAGO




UM DOS EFEITOS COLATERAIS MAIS
FREQUENTES DO USO DE ANTIIFLAMATÓRIOS,
COMO IBUPROFENO, NAPROXENO, ASPIRINA
OU DICLOFENACO, É A DOR NO ESTÔMAGO,
CAUSADA PELA IRRITAÇÃO DA MUCOSA
GÁSTRICA.

PARA EVITAR QUE O ANTIINFLAMATÓRIO
RECEITADO PELO MÉDICO POSSA FAZER
MAL AO ESTÔMAGO, NA HORA DE TOMAR:

FAÇA UMA REFEIÇÃO ANTES DE TOMAR
O MEDICAMENTO: A COMIDA AJUDA A
DILUIR O ÁCIDO GÁSTRICO, PROTEGENDO
AS PAREDES DO ESTÕMAGO

NÃO TOME BEBIDAS ALCOÓLICAS
DURANTE O TRATAMENTO:  O 
ÁLCOOL É UMA SUBSTÂNCIA QUE AJUDA
A IRRITAR O REVESTIMENTO DO ESTÔMAGO,
PIORANDO O EFEITO DO MEDICAMENTO.

PEÇA AO MÉDICO PARA RECEITAR UM
PROTETOR GÁSTRICO: COMO OMEPRAZOL
OU PANTOPRAZOL, EM JEJUM, CRIA UMA
BARREIRA QUE DIMINUI OS EFEITOS DO
ÁCIDO NO ESTÔMAGO DURANTE TODO O
DIA.

NÃO MISTURE ANTIINFLAMATÓRIOS
DIFERENTES NO MESMO TRATAMENTO:
ALÉM DE POTENCIAR O SURGIMENTO DE
ÚLCERAS, AUMENTA O RISCO DE SANGRAMENTOS
E AGRAVA PROBLEMAS RENAIS.

ALÉM DISSO, TAMBÉM É IMPORTANTE NÃO
USAR O ANTIINFLAMATÓRIO POR MAIS DE
10 DIAS, SENDO ACONSELHADO VOLTAR
AO MÉDICO PARA REAVALIAR O TRATAMENTO
SE OS SINTOMAS NÃO MELHORAREM.

PORQUE TOMAR ANTIINFLAMATÓRIO
ATACA O ESTÔMAGO

OS ANTIINFLAMATÓRIOS FUNCIONAM
ATRAVÉS DA DIMINUIÇÃO DE
PROSTAGLANDINAS, QUE SÃO
SUBSTÂNCIAS LIBERADAS PELO CORPO
QUANDO O SISTEMA IMUNE DETECTA UM
VÍRUS OU BACTÉRIA.
NO ENTANTO, ESTAS SUBSTÂNCIAS TAMBÉM
SÃO NECESSÁRIAS PARA PROTEGER O
ESTÔMAGO DO ÁCIDO GÁSTRICO DURANTE
A DIGESTÃO. E, POR ISSO, QUANDO ESTÃO
REDUZIDAS, POR AÇÃO DO MEDICAMENTO,
O ESTÔMAGO FICA MAIS EXPOSTO AOS
EFEITOS DO ÁCIDO GÁSTRICO, APRESENTANDO
MAIOR RISCO DE DESENVOLVER ÚLCERAS
E ATÉ SANGRAR.

QUANDO DE DEVE INTORROMPER O
TRATAMENTO

O USO DO ANTIINFLAMATANTÓRIO DEVE SER
MANTIDO POR TODO O PERÍODO INDICADO
PELO MÉDICO, NO ENTANTO, O TRATAMENTO
PODE SER INTERROMPIDO SE SURGIR:

DOR MUITO INTENSA NO ESTÔMAGO
VÔMITOS FREQUENTES OU COM SANGUE
FEZES MUITO ESCURAS E COM
CHEIRO FÉTIDO

ESTES SINTOMAS PODEM INDICAR QUE
O MEDICAMENTO ESTÁ FAZENDO MAL
E POR ISSO É IMPORTANTE VOLTAR
AO MÉDICO PARA REAVALIAR E
AJUSTAR O TRATAMENTO.


FONTE: BULÁRIO




quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

PORQUE TOMAR LEITE CORTA O EFEITO DO REMÉDIO



POR SER UM ALIMENTO MUITO RICO EM
CÁLCIO, O LEITE PODE DIMINUIR O
EFEITO DE ALGUNS MEDICAMENTOS,
ESPECIALMENTE DOS REMÉDIOS USADOS
NO TRATAMENTO DE PROBLEMAS DA
TIREOIDE, DE ALGUNS ANTIBIÓTICOS
OU DOS SUPLEMENTOS DE FERRO.

ISSO ACONTECE PORQUE O CÁLCIO
SE LIGA ÀS SUBSTÂNCIAS PRESENTES
NESSES REMÉDIOS, TORNANDO-AS
MAIS DIFÍCEIS DE ABSORVER NO
ESTÔMAGO, ESPECIALMENTE SE FOR
INGERIDO NAS 2 HORAS ANTES OU 
DEPOIS DA TOMA DO MEDICAMENTO.
ASSIM, EMBORA NÃO SEJA PREJUDICIAL
PARA A SAÚDE, TOMAR ALGUNS
MEDICAMENTOS COM LEITE PODE
DIMINUIR A QUANTIDADE DE REMÉDIO
DISPONÍVEL NO SANGUE, REDUZINDO
A SUA EFICÁCIA.

PARA EVITAR QUE ISSO ACONTEÇA, É
MUITO IMPORTANTE DAR PREFERÊNCIA
PARA A ÁGUA NA HORA DE TOMAR O
MEDICAMENTO OU, ENTÃO LER A BULA
OU QUESTIONAR O MÉDICO SOBRE
A POSSIBILIDADE DE SE UTILIZAR
O LEITE COM O REMÉDIO QUE SE
PRECISA TOMAR.

REMÉDIOS QUE NÃO DEVEM SER
INGERIDOS COM LEITE

EXISTEM VÁRIOS TIPOS DE REMÉDIOS
QUE NÃO DEVEM SER INGERIDOS COM
LEITE, NO ENTANTO, OS MAIS COMUNS
INCLUEM:

REMÉDIOS PARA A TIREOIDE, COMO O
LEVOTIROXINA

ALGUNS ANTIBIÓTICOS, COMO LEVOFLOXACINA,
QUINOLONA, TETRACICLINA OU NORFLOXACINO.

SUPLEMENTOS DE FERRO, MUITO USADOS
NO TRATAMENTO DE ANEMIA

FONTE: BULÁRIO



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

DOENÇA DE MÉNIÈRE



DOENÇA DE MÉNIÈRE É UMA DEDORDEM
DO EQUILÍBRIO. É CAUSADA POR UMA
ANORMALIDADE EM PARTE DO OUVIDO
INTERNO CHAMADO LABIRINTO. A
ACUMULAÇÃO DE LÍQUIDO PODE CAUSAR
UMA SENSAÇÃO DE VERTIGEM E AFETAR
A AUDIÇÃO.

O QUE CAUSA A DOENÇA DE MÉNIÈRE?

O LABIRINTO MANTÉM OS ÓRGÃOS DE
EQUILÍBRIO E AUDIÇÃO.
O LABIRINTO MEMBRANOSO É
ENVOLTO EM OSSO E CONTÉM UM FLUIDO
CHAMADO ENDOLINFA.
QUANDO A CABEÇA SE MOVE, A
ENDOLINFA TAMBÉM SE MOVE, ISSO
FAZ COM QUE OS RECEPTORES NERVOSOS
NO LABIRINTO MEMBRANOSO SINALIZEM
O CÉREBRO SOBRE O MOVIMENTO DO
CORPO.
O EXCESSO DE ACUMULAÇÃO DE
ENDOLINFLAMAÇÕES NO LABIRINTO
PODE INTERFERIR COM O EQUILIBRIO
NORMAL E OS SINAIS AUDITIVOS ENTRE
A ORELHA INTERNA E O CÉREBRO. ESTA
É A DOENÇA DE MÉNIÈRE.

O ACÚMULO DE FLUIDOS NESTA
ÁREA PODE SER CAUSADO POR:

- ALERGIAS
REPOSTA ANORMAL DE FLUIDOS CAUSADA
POR UM BLOQUEIO
- FERIMENTO NA CABEÇA
- RISCO GENÉTICO
- ENXAQUECA
- INFECÇÃO VIRAL

NA MAIORIA DAS VEZES, A DOENÇA DE
MÉNIÈRE É CAUSADA POR MAIS DE 
UM FATOR

QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCO

QUALQUER UM PODE TER A DOENÇA DE
MÉNIÈRE. É MAIS COMUM EM PESSOAS
DE 40 A 50 ANOS. NÃO HÁ CURA

SINTOMAS

OS SINTOMAS SÃO MAIS FREQUENTE
EM UMA ORELHA, MAS PODEM AFETAR
AMBAS AS ORELHAS

A VERTIGEM É O SINTOMA MAIS
DEBILITANTE E É UMA SENSAÇÃO
DE GIRO SEVERA QUE PODE CAUSAR:

NÁUSEAS GRAVES
VÔMITO
SUDORESE
PERDA DE EQUILIBRIO
DORES DE CABEÇA
PERDA DE AUDIÇÃO
ZUMBIDO NOS OUVIDOS
TRANSPIRAÇÃO

DIAGNÓSTICO

TESTE AUDITIVO
TESTE DE EQUILIBRIO
RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
ECOG

TRATAMENTO

TERAPIAS
MEDICAMENTOS
CIRURGIA
MUDANÇA DA DIETA( ELIMINAR CAFEÍNA,
CHOCOLATE, ÁLCOOL E O SAL)

COMPLICAÇÕES

PERDA DA AUDIÇÃO PERMANENTE

QUEDAS

PROBLEMAS PARA DIRIGIR

DEPRESSÃO E ANSIEDADE




FONTE: HOPKINS MEDICINE






sábado, 2 de dezembro de 2017

PREVENÇÃO DA AIDS

DERMATITE ATÓPICA



O QUE É DERMATITE ATÓPICA?

A DERMATITE ATÓPICA É UMA DOENÇA
CRÔNICA DA PELE. PROVOCA MANCHAS
SECAS E ESCAMOSAS NA
PELE, MUITAS VEZES NO ROSTO E COURO
CABELUDO EM BEBÊS. É MAIS COMUM
EM BEBÊS OU CRIANÇAS MUITO PEQUENAS.
A MAIORIA APRESENTARÁ SINAIS NO
PRIMEIRO ANO DE VIDA. OS SINTOMAS
PODEM DURAR ATÉ OS ADOLESCENTES
OU A IDADE ADULTA. OS SINTOMAS 
PODEM DURAR ATÉ ADOLESCENTE OU
IDADE ADULTA. A DERMATITE ATÓPICA
NÃO É CONTAGIOSA.

A DERMATITE ATÓPICA TENDE A OCORRER
EM FAMÍLIAS. ISSO SUGERE SER GENÉTICO.
TAMBÉM ESTÁ ASSOCIADO A ASMA E
ALERGIAS. ESTES SÃO TRANSTORNOS DE
HIPERSENSIBILIDADE IMUNE.

O TRATAMENTO PARA ESTA CONDIÇÃO TEM
COMO OBJETIVO ACALMAR A INFLAMAÇÃO
DA PELE, DIMINUIR A COCEIRA E A INFECÇÃO.

A DERMATITE ATÓPICA É MUITAS VEZES
CHAMADA DE ECZEMA.

O QUE CAUSA DERMATITE ATÓPICA?

A CAUSA EXATA DA DERMATITE ATÓPICA
NÃO É RECONHECIDA, MAS PODE SER
GENÉTICA. TAMBÉM ESTÁ ASSOCIADA
A ASMA E ALERGIAS. PROVAVELMENTE
HÁ UMA ALTERAÇÃO DAS PROTEÍNAS
DA PELE QUE LEVA A DERMATITE ATÓPICA.

CERTOS DESENCADEANTES PODE PIORAR
A DERMATITE ATÓPICA. POR EXEMPLO,
ESTRESSE, A TEMPERATURA QUENTE OU
FRIA, CONDIÇÕES SECAS, CERTOS TECIDOS
OU DETERGENTES.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS?

A ÁREA DO CORPO AFETADA PELA DERMATITE
ATÓPICA PODE MUDAR COM A IDADE.
EM BEBÊS E CRIANÇAS PEQUENAS,GERALMENTE 
AFETA O ROSTO, OS COTOVELOS E NOS
JOELHOS. EM CRIANÇAS E ADULTOS MAIS
VELHOS, TENDE A ESTAR NAS MÃOS E NOS
PÉS, NOS BRAÇOS, JOELHOS E DOBRAS
DO COTOVELO.

SINTOMAS

MANCHAS SECAS E ESCAMOSAS NA PELE
VERMELHIDÃO E INCHAÇO DA PELE
UM ESPESSAMENTO DA PELE(COM ECZEMA CRÔNICO)
MARCAS DE ARRANHÕES NA PELE
MUITO ESFREGAR E COÇAR PODE RASGAR A
PELE E LEVAR A INFECÇÃO

TRATAMENTO

NÃO HÁ CURA PARA DERMATITE ATÓPICA.
OS OBJETIVOS DO TRATAMENTO SÃO REDUZIR
A COCEIRA E INFLAMAÇÃO DA PELE, MANTER A
PELE ÚMIDA E PREVENIR A IFECÇÃO

ANTI-HISTAMÍNICOS
CREMES DE ESTERÓIDES 
CORTICÓIDES SISTEMICOS
ANTIBIBIÓTICOS ORAIS
FOTOTERAPIA
CREMES DE RESTAURAÇÃO
DE PELE

COMPLICAÇÕES

PELE SECA QUE É FACILMENTE IRRITADA
INFECÇÕES CUTÂNEAS
PROBLEMAS OCULARES, COMO DERMATITE
DAS PÁLPEBRAS OU CATARATAS
DIFICULDADE EM RELACIONAMENTOS
PESSOAIS, FAMILIARES OU TRABALHO

AJUDANDO A GERENCIAR A DERMATITE

TOME BANHO BREVES OU CHUVEIROS USANDO
ÁGUA MORNA

PRATIQUE UM BOM CUIDADO DE PELE

PREVINA INFECÇÕES

NÃO USE SABÃO ÁSPEROS

VISTA COM ROUPAS LEVES

USE UM BOM HIDRATANTE UMA 
VEZ AO DIA

MINIMIZE O ESTRESSE

EVITE COÇAR

EVITE PRODUTOS DE PELE COM
FRAGÂNCIAS E CORANTES

FONTE: JOHNS HOPKINS MEDICINE




DOAÇÃO



OBRIGADO PELO SEU INTERESSE EM
APOIAR NOSSO BLOGGER
O SUPORTE DE DOAÇÃO, AJUDARÁ
COM LIVROS DIGITAIS, ARTIGOS
EM PDF E COLABORAR COM
MATERIAIS DE DESIGN

BRADESCO
AGÊNCIA- 1253-0
CC- 141681-2

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

RESISTÊNCIA À ANTIBIÓTICOS


OS ANTIBIÓTICOS SÃO MEDICAMENTOS USADOS
PARA PREVENIR E TRATAR INFECÇÕES BACTERIANAS.
A RESISTÊNCIA AO ANTIBIÓTICO OCORRE QUANDO
AS BACTÉRIAS MUDAM EM RESPOSTA AO USO
DESSES MEDICAMENTOS. 

BACTÉRIAS, HUMANOS OU ANIMAIS, TORNAM-SE
RESISTENTES À ANTIBIÓTICOS. ESSAS BACTÉRIAS
PODEM INFECTAR HUMANOS E ANIMAIS, E AS
INFECÇÕES QUE CAUSAM SÃO MAIS DIFICIEIS
DE TRATAR DO QUE AS CAUSADAS POR
BACTÉRIAS NÃO RESISTENTES.

O MUNDO PRECISA URGENTEMENTE MUDAR
A FORMA COMO PRESCREVE E USA
ANTIBIÓTICOS. MESMO QUE NOVOS
MEDICAMENTOS SEJAM DESENVOLVIDOS
SEM MUDANÇA DE COMPORTAMENTO,
A RESISTÊNCIA À ANTIOBIÓTICOS
CONTINUARÁ SENDO UMA GRANDE
AMEAÇA. AS MUDANÇAS COMPORTAMENTAIS
TAMBÉM DEVEM INCLUIR AÇÕES PARA
REDUZIR A PROPAGAÇÃO DE
INFECÇÕES ATRAVÉS DA VACINAÇÃO,
LAVAGEM DAS MÃOS, PRÁTICA DE
SEXO SEGURO E BOA HIGIENE
ALIMENTAR.

ONDE OS ANTIBIÓTICOS PODEM SER
COMPRADOS PARA USO HUMANO OU
ANIMAL SEM RECEITA MÉDICA, O
SURGIMENTO E A PROPAGAÇÃO
DA RESISTÊNCIA SÃO PIORADOS.
DA MESMA FORMA, EM PAÍSES SEM
DIRETRIZES DE TRATAMENTO PADRÃO,
OS ANTIBIÓTICOS SÃO MUITAS VEZES
PRESCRITOS POR PROFISSIONAIS DE
SAÚDE E VETERINÁRIOS E SUPERADO
PELO PÚBLICO.

A RESISTÊNCIA AOS ANTIBIÓTICO É
ACELERADA PELO MAU USO E USO
EXCESSIVO DE ANTIBIÓTICOS BEM
COMO PREVENÇÃO E CONTROLE DE
INFECÇÃO PRECÁRIA. 

PARA PREVENIR E CONTROLAR A
PROPAGAÇÃO DA RESISTÊNCIA AOS
ANTIBIÓTICOS, OS INDIVÍDUOS PODEM:

USAR APENAS ANTIBIÓTICOS PRESCRITO
POR UM PROFISSIONAL DE SAÚDE
CERTIFICADO.

NUNCA EXIJA ANTIBIÓTICOS SE O
PROFISSIONAL DE SAÚDE DISSER
QUE NÃO PRECISA DELES.

SEMPRE SIGA OS CONSELHOS DO
PROFISSIONAL DE SAÚDE AO
USAR ANTIBIÓTICOS.A

NUNCA COMPARTILHE OU USE
ANTIBIÓTICOS SOBRANTES.

EVITE INFECÇÕES LAVANDO
REGULARMENTE AS MÃOS, PREPARANDO
ALIMENTOS DE FORMA HIGIÊNICA, 
EVITANDO CONTATO ÍNTIMO COM
PESSOAS DOENTES, PRATICANDO
SEXO SEGURO E MANTENDO AS
VACINAS ATUALIZADAS.

PREPARE OS ALIMENTOS DE FORMA
HIGIÊNICA, SEGUINDO OS CINCO
PASSOS DA OMS PARA ALIMENTOS
MAIS SEGUROS (MANTENHA LIMPO,
SEPARADO, CRU E COZIDO, COZINHE
COMPLETAMENTE, MANTENHA OS
ALIMENTOS A TEMPERATURA SEGURA,
USE ÁGUA POTÁVEL E MATÉRIAS-PRIMAS)
E ESCOLHA OS ALIMENTOS QUE FORAM 
PRODUZIDOS SEM O USO DE ANTIBIÓTICOS
PARA A PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO
OU PREVENÇÃO DE DOENÇAS EM ANIMAIS
SAUDÁVEIS.

PROFISSIONAIS DE SAÚDE

PARA PREVENIR E CONTROLAR A PROPAGAÇÃO
DA RESISTÊNCIA AOS ANTIBIÓTICOS, OS
PROFISSIONAIS DE SAÚDE PODEM:

EVITAR INFECÇÕES GARANTINDO QUE SUAS
MÃOS, INSTRUMENTOS E AMBIENTE ESTEJAM
LIMPOS.

APENAS PRESCREVER E DISPENSAR ANTIBIÓTICOS
QUANDO NECESSÁRIO, DE ACORDO COM AS
DIRETRIZES ATUAIS.

INFORMAR INFECÇÕES RESISTENTES À
ANTIBIÓTICOS À EQUIPE DE VIGILÂNCIA.

FALAR COM OS PACIENTES SOBRE COMO
TOMAR ANTIBIÓTICO CORRETAMENTE,
RESISTÊNCIA AO ANTIBIÓTICO E OS
PERIGOS DO USO INDEVIDO.

FALAR COM OS PACIENTES SOBRE A
PREVENÇÃO DE INFECÇÕES (POR EXEMPLO
VACINAÇÃO, LAVAGEM DAS MÃOS, SEXO SEGURO
E COBRIR O NARIZ E BOCA QUANDO ESPIRRAM.


FONTE: WORLD WEALTH ORGANIZATION 








sábado, 18 de novembro de 2017

CÂNCER DE PRÓSTATA


O CÂNCER DE PRÓSTATA REPRESENTA 70%
DOS DIAGNÓSTICOS DE CÂNCER EM HOMENS
BRASILEIROS, SEGUNDO DADOS DO
INSTITUTOS NACIONAL DO CÂNCER(INCA)
REFERENTES À 2014.

O QUE É É PRÓSTATA?

É UMA GLÂNDULA DO SISTEMA REPRODUTOR
MASCULINO QUE PESA CERCA DE 20 GRAMAS E
SE ASSEMELHA A UMA CASTANHA. ELA 
LOCALIZA-SE ABAIXO DA BEXIGA E SUA
PRINCIPAL FUNÇÃO, JUNTAMENTE COM AS
VESÍCULAS SEMINAIS, É PRODUZIR
O ESPERMA.

O QUE É CÂNCER DE PRÓSTATA?

QUANDO AS CÉLULAS DESTE ÓRGÃO
COMEÇAM A SE MULTIPLICAR DE FORMA
DESORDENADA. A DOENÇA PODE DEMORAR
A SE MANIFESTAR, EXIGINDO EXAMES
PREVENTIVOS CONSTANTES PARA NÃO SER
DESCOBERTA EM ESTÁGIO AVANÇADO E
POTENCIALMENTE FATAL.

SINTOMAS

NA FASE INICIAL, O CÂNCER DE PRÓSTATA
NÃO APRESENTA SINTOMAS E, QUANDO
ALGUNS SINAIS COMEÇAM A APARECER,
CERCA DE 95% DOS TUMORES, JÁ ESTÃO
EM FASE AVANÇADA, DIFICULTANDO A
CURA.
NA FASE AVANÇADA PODE PROVOCAR:
DOR ÓSSEA
SANGUE NA URINA E/OU SÊMEN
DOR AO URINAR
VONTADE DE URINAR COM 
FREQUÊNCIA

FATORES DE RISCO

HISTÓRICO FAMILIAR DE CÂNCER DE
PRÓSTATA: PAI, IRMÃO OU TIO COM
A DOENÇA

OBESIDADE: O EXCESSO DE PESO PODE
CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO
DESSE TUMOR

RAÇA: HOMENS DE PELE NEGRA SOFREM
MAIOR INCIDÊNCIA DESTE TIPO DE CÂNCER

DIAGNÓSTICO PRECOCE

A ÚNICA FORMA DE GARANTIR A CURA
DO CÂNCER DE PRÓSTATA É O
DIAGNÓSTICO PRECOCE. MESMO
COM A FALTA DE SINTOMAS, HOMENS
A PARTIR DOS 45 ANOS COM FATORES
DE RISCO, OU 50 ANOS SEM ESTES
FATORES DEVEM IR ANUALMENTE
AO UROLOGISTA PARA FAZER O
EXAME DE TOQUE RETAL, QUE 
PERMITE AO MÉDICO AVALIAR
ALTERAÇÕES DA GLÂNDULA,
COMO ENDURECIMENTO E
PRESENÇA DE NÓDULOS SUSPEITOS
ALÉM DE FAZER O EXAME DE SANGUE
PSA( ANTÍGENO PROSTÁTICO
ESPECÍFICO).

TRATAMENTO

O TIPO DE TRATAMENTO VAI
DEPENDER DO ESTÁGIO DA DOENÇA
EM CADA PACIENTE

RADIOTERAPIA

CIRURGIA DA PRÓSTATA

VIGILÂNCIA ATIVA

HORMONOTERAPIA

QUIMIOTERAPIA

DROGAS ORAIS





quinta-feira, 9 de novembro de 2017

CONVULSÃO FEBRIL


O QUE TODOS OS PAIS DEVEM SABER
SOBRE CONVULSÕES FEBRIS

UMA CONVULSÃO FEBRIL É UMA CONVULSÃO
QUE OCORRE QUANDO UMA CRIANÇA TEM
FEBRE DE 38°C OU SUPERIOR, DEVIDO A
UMA INFECÇÃO QUE NÃO ENVOLVE
CÉREBRO OU MEDULA ESPINHAL.

É IMPORTANTE LEMBRAR QUE NEM TODAS
AS CRIANÇAS COM FEBRE TÊM CONVULSÕES.
A PEQUISA MOSTROU QUE ENTRE 3% E 8%
DAS CRIANÇAS MENORES DE 5 ANOS 
SOFRERÃO CONVULSÕES FEBRIS.EXISTEM
CERTOS FATORES DE RISCO QUE COLOCAM AS
CRIANÇAS EM RISCO PARA TER UMA
CONVULSÃO FEBRIL. ENTRETANTO, METADE
DAS CRIANÇAS QUE TEM COLVULSÕES
FEBRIS NÃO TEM FATORES DE RISCO.
OS FATORES DE RISCO MAIS COMUNS
SÃO FEBRE ALTA, INFECÇÃO VIRAL,
IMUNIZAÇÃO RECENTE EHISTÓRIA
FAMILIAR DE CONVULSÕES FEBRIS.
EMBORA AS CONVULSÕES FEBRIS POSSAM
OCORRER APÓS CERTAS IMUNIZAÇÕES,
O RISCO É MUITO PEQUENO E A PROTEÇÃO
QUE SEU FILHO RECEBE DESSAS VACINAS
SUPERA ESSE RISCO.

DURANTE UMA CONVULSÃO FEBRIL, UMA
CRIANÇA GERALMENTE PASSA E TEM
MOVIMENTOS BRUSCOS DOS BRAÇOS,
PERNAS OU ROSTO. A MAIORIA DAS
CONVULSÕES FEBRIS NÃO DURA MUITO
E OCORRE POR 1 OU 2 MINUTOS. EM
ALGUNS CASOS, ELES PODEM DURAR MAIS
DE 15 MINUTOS E EXIGEM MEDICAMENTOS
PARA DETÊ-LOS. NO ENTANTO, ISSO É, 
MENOS COMUM. QUANDO UMA CONVULSÃO
TERMINA, UMA CRIANÇA PODE ESTAR
CANSADA OU CONFUSA. APÓS UMA
CONVULSÃO MAIS LONGA, UMA
CRIANÇA PODE ATER TER FRAQUEZA.

COMO MANTER UMA CRIANÇA SEGURA
DURANTE UMA CONVULSÃO

SE O SEU FILHO TIVER UMA CONVULSÃO
FEBRIL, É IMPORTANTE MANTÊ-LOS
SEGUROS. DURANTE UMA CONVULSÃO
VOCÊ DEVE COLOCAR SEU FILHO NO
SEU LADO, NÃO COLOCAR NADA NA BOCA
DO SEU FILHO OU TENTAR PARAR OS
MOVIMENTOS BRUSCOS E ACOMPANHAR
O TEMPO QUE DURA A CONVULSÃO.
VOCÊ DEVE CHAMAR UMA AMBULÂNCIA
SE A CONVULSÃO DURA MAIS DE 5 MINUTOS.
AS CONVULSÕES LONGAS INTERFEREM 
COM O QUÃO BEM UMA CRIANÇA ESTÁ
RESPIRANDO E PARA A SEGURANÇA DA
CRIANÇA, PARAMÉDICOS, ENFERMEIROS
E/OU MÉDICOS PODEM DAR MEDICAMENTOS
PARA PARAR A CONVULSÃO E MELHORAR
SUA RESPIRAÇÃO.

APÓS UMA CONVULSÃO FEBRIL, UMA
CRIANÇA PRECISA CONSULTAR UM MÉDICO
OU ENFERMEIRO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. 
MUITAS VEZES EXISTE UMA INFECÇÃO VIRAL,
QUE GERALMENTE PRECISA SEGUIR SEU CURSO,
MAS SEU FILHO PRECISA SER VERIFICADO POR
SINAIS E SINTOMAS DE INFECÇÕES NO
OUVIDO, PNEUMONIA OU INFECÇÕES MAIS
GRAVES. 
PARA CONVULSÕES FEBRIS QUE PARARAM
POR CONTA PRÓPRIA E DURAM MENOS
QUE 15 MINUTOS, NÃO HÁ TRATAMENTO
NECESSÁRIO E AS CRIANÇAS NÃO PRECISAM
PERMANECER NO HOSPITAL. SE A 
CONVULSÃO FEBRIL DURA MAIS QUE 15
MINUTOS OU SEU FILHO TIVER MAIS DE
UMA CONVULSÃO EM UM DIA, ELE 
PROVAVELMENTE PRECISARÁ FICAR NO
HOSPITAL PARA EXAMES.

APÓS A PRIMEIRA CONVULSÃO FEBRIL,
É POSSÍVEL QUE AS CRIANÇA AS TENHA NO
FUTURO. NA VERDADE, A PESQUISA MOSTROU
QUE AS CRIANÇAS QUE TIVERAM UMA CONVULSÃO
FEBRIL TÊM CERCA DE 30%  A 35% DE CHANCHE
DE TER OUTRA. NO ENTANTO, QUANDO UMA
CRIANÇA TEM MENOS DE 12 MESES NO
MOMENTO DA PRIMEIRA CRISE FEBRIL, O
RISCO PODE SER DE ATÉ 50%.

A FEBRE É A RESPOSTA DE UM ORGANISMO
À INFECÇÃO, OS ANTITÉRMICOS AJUDARÃO A
BAIXAR A FEBRE, MAS NÃO TRATARÁ UMA
INFECÇÃO. OS MEDICAMENTOS ANTICONVULSIVOS
UTILIZADOS PARA A PREVENÇÃO DE CONVULSÕES
FEBRIS PODEM DIMINUIR O RISCO DE
CONVULSÕES FEBRIS RECORRENTES, MAS ESSES
MEDICAMENTOS PODEM TER SÉRIOS EFEITOS
COLATERAIS.
A INTELIGÊNCIA E OUTROS ASPECTOS DO
DESENVOLVIMENTO CEREBRAL NÃO PARECEM
AFETADOS POR UMA CONVULSÃO FEBRIL,
E TER UMA CONVULSÃO FEBRIL NÃO SIGNIFICA
QUE UMA CRIANÇA TENHA EPILEPSIA UMA
CONDIÇÃO CONVULSIVA PARA O RESTO DA
VIDA. NO ENTANTO, UMA CONVULSÃO FEBRIL
PODE SER O PRIMEIRO SINAL DE UMA DOENÇA,
CONVULSIVA, QUE É OUTRA RAZÃO PELA
QUAL UMA CRIANÇA COM UMA CONVULSÃO
FEBRIL DEVE SER VISTA REGULARMENTE 
POR UM PEDIATRA.


FONTE: ARNOLD PALMER HOSPITAL










quarta-feira, 25 de outubro de 2017

LAVANDO AS MÃOS VOCÊ PREVINE



STAPHYLOCOCCUS AUREUS

COLONIZA A PELE.INVADE O ORGANISMO
ATRAVÉS DA INGESTÃO DE ALIMENTOS
CONTAMINADOS, PROVOCA INFECÇÃO
INTESTINAL, DIARREIA E VÔMITOS

PSEUDOMONAS

BACTÉRIAS RESISTENTE A ANTIBIÓTICOS,
PESSOAS NO HOSPITAL PODE OBTER
ESTA INFECÇÃO

VRE- ENTEROCOCO RESISTENTE À
VANCOMICINA

SERRATIA

CAUSA INFECÇÃO NASOCOMIAL COLONIZAM
O TRATO RESPIRATÓRIO E URINÁRIO

STREPTOCOCCUS

CAUSA DOENÇAS COMO INFECÇÕES DO
TRATO RESPIRATÓRIO, PELE E TECIDOS
MOLES, ENDOCARDITE, SEPSE E MENINGITES

STREPTOCOCCUS PNEUMONIAE

CAUSAM MENINGITE E BACTEREMIA



domingo, 15 de outubro de 2017


A VARICELA É CAUSADA POR UM VÍRUS
DO GRUPO HERPES, O VÍRUS VARICELA
ZOSTER. OS SERES HUMANOS SÃO A ÚNICA
FONTE DE INFECÇÃO, E A DOENÇA É
ALTAMENTE CONTAGIOSA. A INFECÇÃO
ACONTECE QUANDO O VÍRUS ENTRA
EM CONTATO COM AS MUCOSAS DO
TRATO RESPIRATÓRIO SUPERIOR OU
CONJUNTIVA. 

INCUBAÇÃO

O PERÍODO DE INCUBAÇÃO DA DOENÇA
VARIA DE 10 A 21 DIAS.
O INDIVÍDUO DOENTE COMEÇA A
TRANSMITIR O VÍRUS CERCA DE 2 DIAS
ANTES DO INÍCIO DAS LESÕES E
CONTINUA TRANSMITINDO ATÉ A
CURA DESTAS.

ISOLAMENTO

CONTATO E RESPIRATÓRIO

COMUNICANTES SUSCETÍVEIS, QUANDO
INTERNADOS TAMBÉM DEVEM SER 
MANTIDOS ISOLADOS ENTRE 10 E 21 DIAS
APÓS O CONTATO.
CRIANÇAS MENORES DE 1 ANO E ADULTOS
SUSCETÍVEIS, IMUNOCOMPETENTES E CUJO
CONTATO COM O DOENTE SE DEU EM
INTERVALO INFERIOR A 72 HORAS DEVEM
RECEBER A VACINA VARICELA. NESSA
SITUAÇÃO, A EFICÁCIA DA VACINA NA
PREVENÇÃO DA DOENÇA É SUPERIOR
A 80%. POR SER UMA VACINA DE VÍRUS
VIVO ATENUADO, ELA NÃO DEVE SER
ADMINISTRADA EM INDIVÍDUOS COM
COMPROMETIMENTO DA FUNÇÃO
IMUNOLÓGICA OU EM GESTANTES.

FONTE: PEDIATRIA INSTITUTO DA
CRIANÇA 2ª EDIÇÃO


domingo, 1 de outubro de 2017

Share 1_colesterol.pdf - 393 KB

Share 1_colesterol.pdf - 393 KB

Share 2_deixe_de_fumar.pdf - 400 KB

Share 2_deixe_de_fumar.pdf - 400 KB

Share 3_mexa-se_mais.pdf - 412 KB

Share 3_mexa-se_mais.pdf - 412 KB

Compartilhe 4_doente_diabetico.pdf - 405 KB

Compartilhe 4_doente_diabetico.pdf - 405 KB

Share 5_tensao_arterial.pdf - 392 KB

Share 5_tensao_arterial.pdf - 392 KB

Share sociedade-portuguesa-de-cardiologia-kit-cidadao-o-que-sabe-sobre-o-seu-coracao.pdf - 166 KB

Share sociedade-portuguesa-de-cardiologia-kit-cidadao-o-que-sabe-sobre-o-seu-coracao.pdf - 166 KB

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

FRATURAS EM CRIANÇAS



O QUE SÃO AS FRATURAS?

UMA FRATURA É UMA RUPTURA, GERALMENTE
EM UM OSSO. SE O OSSO QUEBRADO ATINGE
A PELE, É CHAMADO DE FRATURA ABERTA
OU EXPOSTA. AS FRATURAS GERALMENTE
OCORREM DEVIDO A ACIDENTES DE CARRO,
QUEDAS OU FERIMENTOS ESPORTIVOS.
EM CRIANÇAS, A MAIORIA DAS FRATURAS
OCORRE NO PULSO, NO ANTEBRAÇO E
ACIMA DO COTOVELO.

SINTOMAS

EXTREMIDADE OU ARTICULAÇÃO FORA
DO LOCAL OU DEFORMADA, INCHAÇO,
HEMATOMAS OU SANGRAMENTO

DOR INTENSA

DORMÊNCIA E FORMIGAMENTO

MOBILIDADE LIMITADA OU INCAPACIDADE
DE MOVER UM MEMBRO

DIAGNÓSTICO

O MÉDICO SOLICITARÁ UM RX PARA
CONFIRMAR A FRATURA E DETERMINAR
DE QUE TIPO É

TRATAMENTO

O MÉDICO PODE DECIDIR QUE UMA TALA
É TUDO O QUE É NECESSÁRIO PARA
EVITAR QUE O OSSO SE MOVA PARA
QUE ELE POSSA CURAR, MAS OS
OSSOS MAIS QUEBRADOS PRECISARÃO
DE UMA CIRURGIA

PROGNÓSTICO

AS FRATURAS SÃO CURADAS, DEPENDENDO
DA IDADE DA CRIANÇA E DO TIPO DE FRATURA.
POR EXEMPLO, CRIANÇAS PEQUENAS PODEM
CURAR EM APENAS TRÊS SEMANAS, 
ENQUANTO PODE DEMORAR SEIS SEMANAS
PARA O MESMO TIPO DE FRATURA CURAR
NOS ADOLESCENTES

PREVENÇÃO

AS FRATURAS SÃO COMUNS NA INFÂNCIA,
EMBORA ALGUMAS CRIANÇAS SEJAM
MAIS PROPENSAS DO QUE OUTRAS.
CERTIFIQUE-SE DE QUE SEU FILHO
ESTÁ RECEBENDO CÁLCIO E EXERCÍCIO
SUFICIENTES PARA FORTALECER OS
OSSOS. EXERCÍCIOS QUE LEVAM PESO,
COMO SALTAR CORDA, CORRER E
CAMINHAR TAMBÉM PODEM AJUDAR
A DESENVOLVER E MANTER OSSOS FORTES.


FONTE: JOHNS HOPKINS MEDICINE