Pesquise no blog

terça-feira, 18 de novembro de 2014

NORMAS BÁSICAS DE ASSEPSIA DE CURATIVOS


- Lavar as mãos antes e após a realização do curativo.
- Obedecer os princípios de assepsia
- Remover assepticamente tecidos desvitalizados ou
necrosados
- Realização do procedimento do local menos para o
mais contaminado
- Utilizar luvas estéreis em substituição ao material
de curativo estéril ou em procedimento cirúrgicos
- Curativos removidos para inspeção da lesão devem
ser trocados imediatamente.

TÉCNICAS PARA REALIZAÇÃO DE CURATIVOS

1- Lavar as mãos com solução anti-séptica
2- Reunir o material e levá-lo próximo ao 
leito do paciente(cliente)
3- Explicar o paciente o que será feito
4- Colocar o paciente em posição adequada
5- Abrir o pacote de curativo com técnica asséptica
6- colocar as pinças com os cabos voltados para a
borda do campo
7- Umedecer o micropore com SF 09% para facilitar
a retirada
8- Remover o curativo com a pinça dente de rato
9- Montar a pinça Kelly com gaze, auxiliada pela
pinça anatômica
10- Umedecê-la com SF 09% e limpar ao  redor da
região com SF 09% 
11- Secar a região utilizando uma gaze para cada local
12- Aplicar a solução anti-séptica
13- Colocar uma gaze cortada no local
14- Fixar a gaze com esparadrapo ou micropore. 
15- Anotar na ficha de enfermagem a característica
do local de inserção
16- Colocar o nome, data e horário sobre o curativo

                                   OBSERVAÇÃO

TROCAR O CURATIVO A CADA 24 HORAS OU QUANDO
ESTIVER ÚMIDO, SUJO OU SOLTO
USAR MÁSCARA, AVENTAL E LUVAS
EVITAR FALAR NO MOMENTO DO CURATIVO



Nenhum comentário:

Postar um comentário