Pesquise no blog

segunda-feira, 6 de julho de 2015

ASMA

ASMA

A ASMA PODE SER DEFINIDA, DE UMA MANEIRA
GERAL, COMO UMA SÍNDROME CARACTERIZADA 
POR OBSTRUÇÃO REVERSÍVEL RECORRENTE
DO FLUXO DE AR NAS VIAS AÉREAS EM
RESPOSTA A ESTÍMULOS QUE, POR SI SÓ,
NÃO SÃO NOCIVOS E NÃO AFETAM OS
INDIVÍDUOS NÃO-ASMÁTICOS.
A CRISE ASMÁTICA CONSISTE EM
SIBILOS, TOSSE  E DIFICULDADE NA
EXPIRAÇÃO.
O DESENVOLVIMENTO DA ASMA
ALÉRGICA  ENVOLVE FATORES TANTO
GENÉTICOS QUANTO AMBIENTAIS.
NO INVERNO  HÁ UM AUMENTO NOS
ÍNDICES DE CRISES DE ASMA DEVIDO
AO FRIO, POEIRO, MOFO, FUMO, 
POLENS, ODORES E EPITÉLIO DO ANIMAL.
POR AS PESSOAS PERMANECEREM
POR MAIS TEMPO EM AMBIENTES

SINTOMAS

FALTA DE AR(DISPNÉIA)
TOSSE (SECA E NOTURNA)
CHIADO NO PEITO
SENSAÇÃO DE OPRESSÃO TORÁCICA

TRATAMENTO

EVITAR FATORES DESENCADEANTES
USAR MEDICAMENTOS CONTROLADOS
E EVITAR AMBIENTES FECHADO.



Nenhum comentário:

Postar um comentário