Pesquise no blog

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

HIPERTENSÃO INTRACRANIANA

CRÂNIO

O AUMENTO DA PRESSÃO NO INTERIOR
DO CRÂNIO RESULTA DAS VÁRIAS AFECÇÕES
QUE PODEM ACOMETER O ENCÉFALO, 
TAIS COMO: TRAUMÁTICAS, TUMORAIS,
VASCULARES, PARASITÁRIAS, 
INFLAMATÓRIAS E TÓXICAS, ACARRETANDO,
FREQUENTEMENTE, CONSEQUÊNCIAS
IRREPARÁVEIS OU MESMO A MORTE.
A ELEVAÇÃO DA PIC OCORRE QUANDO HÁ
O AUMENTO DE VOLUME DE UM OU MAIS
DOS COMPONENTES NATURAIS DA 
CAVIDADE INTRACRANIANA OU
ACRÉSCIMO DE PROCESSO EXPANSIVO
(NEOPLASIA, ABCESSO, HEMATOMA, 
GRANULOMA).
O AUMENTO DE VOLUME DO 
LCR(HIDROCEFALIA) SURGE QUANDO HÁ
BLOQUEIO PARCIAL OU TOTAL DO
FLUXO LIQUÓRICO, AUMENTO DA 
PRODUÇÃO DO LCR OU DIFICULDADE
NA SUA REABSORÇÃO.
O AUMENTO DO CONTEÚDO SANGUÍNEO
E SECUNDÁRIO À VASODILATAÇÃO 
ENCEFÁLICA, E O AUMENTO DO 
COMPONENTE HÍDRICO DO
PARÊNQUIMA NERVOSO (EDEMA E
INCHAÇO) OCORRE EM VÁRIAS
CIRCUNSTÂNCIAS.

SINAIS E SINTOMAS DA HIC

CEFALÉIA
VÔMITOS
EDEMA DE PAPILA
ALTERAÇÕES DA PERSONALIDADE
E DO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA 
CRISES CONVULSIVAS
TONTURAS
MACROCEFALIA
ALTERAÇÕES NA PRESSÃO ARTERIAL
NERVOS MOTORES OCULARES

TRATAMENTO

ELEVAÇÃO DO DORSO E DA CABEÇA
EM 30º
CORRIGIR A HIPOTENSÃO ARTERIAL
CORRIGIR HIPERTERMIA
BARBITÚRICOS O THIONEMBUTAL É
O MAIS UTILIZADO
CORTICÓIDES( DECADRON)
SOLUÇÕES HIPERTÔNICAS(MANITOL)






Nenhum comentário:

Postar um comentário