Pesquise no blog

sábado, 24 de setembro de 2016

ANGINA

ANGINA DE PEITO


O TERMO ANGINA VEM GREGO E DESIGNA
A CONDIÇÃO INFLAMATÓRIA  DA GARGANTA,
EXPRESSANDO SENSAÇÃO DE
ESTRANGULAMENTO.
O TERMO ANGOR PECTORIS (ANGINA DE
PEITO) FOI INTRODUZIDO POR
WILLIAM HEBERDEN EM 1772.
A ANGINA DE PEITO É DEFINIDA COMO
UM DESCONFORTO TORÁCICO ASSOCIADO
À ISQUEMIA MIOCÁRDICA.
A DOR ANGINOSA TÍPICA É UMA SENSAÇÃO
DESAGRADÁVEL, REFERIDA COMO
SUFOCAÇÃO, QUEIMAÇÃO, CONSTRIÇÃO
OU APERTO EM REGIÃO PRECORDIAL,
PODENDO TAMBÉM SER REFERIDA 
COMO UM PESO NA PARTE CENTRAL
DO TÓRAX(REGIÃO RETROESTERNAL).
A DOR PRECORDIAL TÍPICA LOCALIZA-SE
NA REGIÃO DO ESTERNO E HEMITÓRAX
ESQUERDO, PODENDO SER IRRADIADA
PARA A FACE ULNAR DO BRAÇO
ESQUERDO, DORSO, MANDÍBULA OU
EPIGÁSTRIO.
A ANGINA DE PEITO CLÁSSICA É
DESENCADEADA POR ESFORÇO
FÍSICO OU ESTRESSE EMOCIONAL,
SENDO A MANHÃ O PERÍODO EM
QUE MAIS FREQUENTE OCORRE.
EXPOSIÇÃO AO FRIO, LAUTAS
REFEIÇÕES, VIVÊNCIAS COM MEDO
E FUMAR UM CIGARRO PODEM 
DESENCADEAR ATAQUES DE
ANGINA DE PEITO.
GERALMENTE UM EPISÓDIO DE
ANGINA DURA 2-10 MINUTOS,
ATÉ UM MÁXIMO DE 15 MINUTOS.
QUANDO UM PACIENTE RELATA QUE A
DOR PRECORDIAL É DESENCADEADA
SEMPRE POR ESFORÇOS DE MESMA
INTENSIDADE, CARACTERIZAMOS
A ANGINA ESTÁVEL.
A MUDANÇA SÚBITA DOS FATORES
DESENCADEANTES DA DOR, OU SEJA,
DESENCADEADA A ESFORÇOS MUITO
MENORES QUE OS HABITUAIS OU
AO REPOUSO, CARACTERIZA O
QUADRO DE ANGINA INSTÁVEL,
ASSOCIADA A IMPORTANTE
INCREMENTO DE RISCO.
POR FIM, QUANDO A DOR
CARACTERÍSTICA DE ANGINA
DE PEITO, MAS COM DURAÇÃO
MAIS PROLONGADA, EM GERAL
MAIS DO QUE 15 MINUTOS, E
MAIS INTENSA, DEVEMOS PENSAR
NO DIAGNÓSTICO DE
INFARTO DO MIOCÁRDIO.
NO INFARTO DO MIOCÁRDIO
O SINTOMA  É MAIS FREQUENTE
REFERIDO COMO DOR DO QUE
DESCONFORTO, E COSTUMA SER
DE MAIOR INTENSIDADE DO QUE
NA ANGINA, VERIFICANDO-SE
MAIOR FREQUÊNCIA DE IRRADIAÇÃO.
NESSA SITUAÇÃO, PODEMOS OBSERVAR
OUTROS SINTOMAS QUE ACOMPANHAM
A DOR, COMO NÁUSEAS, SUDORESE
PROFUNDA, PALIDEZ MAL-ESTAR E
ASTENIA INTENSA.


FONTE: SEMIOLOGIA CLÍNICA
SARVIER






Nenhum comentário:

Postar um comentário