Pesquise no blog

sábado, 17 de junho de 2017

ALERGIA À PENICILINA




A ALERGIA À PENICILINA É UMA REAÇÃO
ANORMAL DO SEU SISTEMA IMUNOLÓGICO
AO ANTIBIÓTICO PENICILINA. A PENICILINA
É PRESCRITA PARA TRATAR INFECÇÕES
BACTERIANAS.
AS ALERGIAS DE PENICILINA PODEM SER
UM PROBLEMA QUE PODE RESULTAR NO
USO DE TRATAMENTOS ANTIBIÓTICOS
MENOS APROPRIADOS E MAIS CAROS.
PORTANTO, UM DIAGNÓSTICO PRECISO
 É NECESSÁRIO QUANDO A ALERGIA À
PENICILINA É SUSPEITA DE GARANTIR
AS MELHORES OPÇÕES DE TRATAMENTO
NO FUTURO.
OUTROS ANTIBIÓTICOS, PARTICULARMENTE
AQUELES COM PROPRIEDADES QUÍMICAS
SEMELHANTES À PENICILINA, TAMBÉM
PODEM RESULTAR EM REAÇÕES ALÉRGICAS.

SINTOMAS

SINAIS E SINTOMAS DE ALERGIA À
PENICILINA GERALMENTE OCORREM
UMA HORA DEPOIS DE TOMAR UMA
DROGA. MENOS COMUMENTE, AS
REAÇÕES PODEM OCORRER HORAS,
DIAS OU SEMANAS DEPOIS.

OS SINTOMAS DE ALERGIA A
MEDICAMENTOS PODEM INCLUIR:

ERUPÇÃO CUTÂNEA
URTICÁRIA
COCEIRA
FEBRE
INCHAÇO
FALTA DE AR
SIBILÂNCIA
CORIZA
COMICHÃO, OLHOS LACRIMEJANTES
ANAFILAXIA

ANAFILAXIA

A ANAFILAXIA É UMA REAÇÃO ALÉRGICA
RARA, POTENCIALMENTE FATAL, QUE
CAUSA A DISFUNÇÃO GENERALIZADA
DOS SISTEMAS DO CORPO. OS SINAIS
E SINTOMAS DA ANAFILAXIA INCLUEM:

APERTO DAS VIAS AÉREAS E GARGANTA,
CAUSANDO PROBLEMAS PARA RESPIRAR

NÁUSEAS OU CÓLICAS ABDOMINAIS

VÔMITO OU DIARRÉIA

TONTURAS 

PULSO FRACO E RÁPIDO

DIMINUIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL

CONVULSÕES

PERDA DE CONSCIÊNCIA

AS REAÇÕES MENOS COMUNS À
ALERGIA À PENICILINA OCORREM
DIAS OU SEMANAS APÓS A EXPOSIÇÃO
AO FÁRMACO E PODEM PERSISTIR POR
ALGUM TEMPO DEPOIS DE PARAR DE
TOMAR. ESSAS CONDIÇÕES INCLUEM:

DOENÇA DO SORO
ANEMIA INDUZIDA POR DROGAS
REAÇÃO AO FÁRMACO
INFLAMAÇÃO DOS RINS(NEFRITE)

CAUSAS

A ALERGIA À PENICILINA OCORRE QUANDO 
SEU SISTEMA IMUNOLÓGICO REAGE
ERRONEAMENTE À DROGA COMO UMA
SUBSTÂNCIA NOCIVA, ESSENCIALMENTE
COMO SE FOSSE UMA INFECÇÃO VIRAL
OU BACTERIANA.
A  ALERGIA SE DESENVOLVE QUANDO SEU
SISTEMA IMUNOLÓGICO SE TORNOU
SENSÍVEL À PENICILINA. ISSO SIGNIFICA
QUE A PRIMEIRA VEZ  QUE VOCÊ TOMAR
O MEDICAMENTO SEU SISTEMA
IMUNOLÓGICO DETECTA-LO COMO
UMA SUBSTÂNCIA NOCIVA E
DESENVOLVE UM ANTICORPO PARA O
TIPO DE PENICILINA  QUE VOCÊ TOMOU.

A PRÓXIMA VEZ QUE VOCÊ TOMAR A DROGA
ESSES ANTICORPOS ESPECÍFICOS DE
BANDEIRA E ATAQUES DIRETOS DO
SISTEMA IMUNOLÓGICO SOBRE A
SUBSTÂNCIA. QUÍMICOS LIBERADOS
POR ESTA ATIVIDADE CAUSAM OS
SINAIS E SINTOMAS ASSOCIADOS
A UMA REAÇÃO ALÉRGICA.

PENICILINAS E DROGAS AFINS

AS PENICILINAS PERTENCEM A UMA
CLASSE DE DROGAS ANTIBACTERIANAS
CHAMADAS BETA-LACTAMAS. EMBORA
OS MECANISMOS DOS MEDICAMENTOS
VARIAM, GERALMENTE COMBATEM AS
INFECÇÕES ATACANDO AS PAREDES DAS
CÉLULAS BACTERIANAS. ALÉM DE PENICILINAS
OUTROS BETA-LACTÂMICOS MAIS COMUMENTE
ASSOCIADOS A REAÇÕES ALÉRGICAS SÃO UM
GRUPO CHAMADO DE CEFALOSPORINAS.

AS PENICILINAS INCLUEM:

AMOXICILINA
AMPICILINA
DICLOXACILINA
OXACILINA
PENICILINA
TICARCILINA
PIPERACILINA

CEFALOSPORINAS INCLUEM:

CEFACLOR
CEFADROXIL
CEFAZOLINA
CEFDINIR
CEFOTETANO
CEFPROZIL
CEFUROXIMA
CEFALEXINA


FONTE: MAYO CLINIC



Nenhum comentário:

Postar um comentário