Pesquise no blog

quinta-feira, 9 de março de 2017

DIETAS POUCOS SAUDÁVEIS...MORTES CARDIOVASCULARES

fritura

DIETAS POUCO SAUDÁVEIS LIGADA A
MAIS DE 400.000 MORTES CARDIOVASCULARES


AS DIETAS CHEIAS COM MUITO SAL E NÃO
VEGETAIS, FRUTAS E GRÃOS INTEGRAIS,
CONTRIBUÍRAM PARA  400.000 MORTES
EM 2015 DE DOENÇAS CARDÍACAS E
VASCULARES.
OS INVESTIGADORES QUE INVESTIGAM
COMO A DIETA AFETA A DOENÇA
CARDIOVASCULAR ENCONTRARAM QUE
AS ESCOLHAS INSALUBRES - UMA
FALTA DE ALIMENTOS NUTRITIVOS
E UM EXCESSO DE ALIMENTOS MENOS
SAUDÁVEIS JOGARAM UM PAPEL NAS
MORTES DE 222.100 HOMENS E
193.400 MULHERES.
A BAIXA INGESTÃO DE ALIMENTOS
SAUDÁVEIS, COMO NOZES, LEGUMES
GRÃOS INTEGRAIS E FRUTAS COMBINADA
COM MAIOR INGESTÃO DE COMPONENTES
DIETÉTICOS INSALUBRES, COMO SAL
E GORDURAS TRANS, É UM DOS
PRINCIPAIS CONTRIBUINTES PARA AS
MORTES PARA AS DOENÇAS 
CARDIOVASCULARES NOS ESTADOS
UNIDOS, DISSE  " ASHKAN AFSHIN
PRINCIPAL AUTOR DO ESTUDO.
OS PESQUISADORES AVALIARAM ATÉ
QUE PONTO OS PRINCIPAIS FATORES
DE RISCO NA DIETA ESTAVAM
LIGADOS A DOENÇAS CARDÍACAS
E VASCULARES.
ELES ENCONTRARAM BAIXA INGESTÃO
DE NOZES E SEMENTES FOI ASSOCIADA
A 11,6 POR CENTO DAS MORTES,
BAIXA INGESTÃO DE VEGETAIS FOI
ASSOCIADA A 11,5 POR CENTO DAS MORTES
E BAIXA INGESTÃO DE GRÃOS INTEGRAIS
FOI VINCULADO A 10,4 POR CENTO DAS
MORTES. O EXCESSO DE SAL FOI 
ASSOCIADO A 9% DAS MORTES.
EM 2013, O AMERICAN COLLEGE
CARDIOLOGY  E DA AMERICAN HEART
ASSOCIATION EMITIU ORIENTAÇÕES
PARA INCENTIVAR UM PADRÃO
DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL.
INCLUÍA SUGESTÕES PARA COMER
UMA VARIEDADE DE FRUTAS E
LEGUMES, GRÃOS INTEGRAIS
PRODUTOS LÁCTEOS NÃO GORDUROSOS
AVES SEM PELE , PEIXE, NOZES, FEIJÃO
E ÓLEOS VEGETAIS NÃO TROPICAIS.
ELE TAMBÉM ADVERTIU SOBRE A
ALIMENTAÇÃO DE CARNES VERMELHAS E
PROCESSADAS, DOCES E BEBIDAS
AÇUCARADAS.
UM ESTUDO PUBLICADO NO JOURNAL
OF AMERICAN MEDICAL ASSOCIATION,
DESCOBRIU QUE QUASE METADE DE
TODAS AS MORTES DOS EUA, QUASE
320.000 MORTES DE DOENÇAS
CARDÍACAS, ACIDENTE VASCULAR
CEREBRAL E DIABETES TIPO 2
FORAM LIGADA A UMA DIETA POBRE.



FONTE: AMERICAN HEART 
ASSOCIATION NEWS





Nenhum comentário:

Postar um comentário