Pesquise no blog

sábado, 25 de março de 2017

ESTADIAMENTO DE ÚLCERA DE PRESSÃO

MATERIAIS PARA CURATIVO


A ÚLCERA É ENCENADA CONFORME
SUA PROFUNDIDADE. O ESTADIAMENTO
NÃO DEPENDE DA ÁREA TOTAL DA
ÚLCERA. UMA ÚLCERA DE PRESSÃO
DE FASE I OU II PODE TER UMA
GRANDE ÁREA DE SUPERFÍCIE, MAS
UMA FASE III OU IV, É USUALMENTE
DE DIÂMETRO RELATIVAMENTE MENOR
MAS DE MAIOR PROFUNDIDADE.
OS ESTÁGIOS SÃO PROGRESSIVOS E
PRECISAM DE UMA AVALIAÇÃO REGULAR
E DE UMA GESTÃO PRECOCE.


FASE I

HÁ UMA MUDANÇA NA COR DA PELE
QUE PODE FICAR MAIS VERMELHA
OU MAIS ESCURA. A PELE SENTE MAIS
QUENTE, QUE A PELE CIRCUNDANTE,
ENVOLVE EPIDERME E DERME.

FASE II

NESTA FASE HÁ QUEBRA NA CAMADA
EPIDÉRMICA EXTERNA DA PELE E
ALGUMA INVASÃO DENTRO DA
PRÓXIMA CAMADA A DERME .
ESTES APARECEM COMO
CRATERAS RASAS, ÚLCERAS
BOLHAS OU ABRASÕES. AS
BOLHAS PODEM SER CHEIAS
COM UM FLUIDO CLARO 
OU TURVO
ENVOLVE O TECIDO SUBCUTÂNEO.

FASE III

ESTES ESTENDEM NO TECIDO
SUBCUTÂNEO COMO FERIDAS
ABERTAS. SUBJACENTE, OSSO
MÚSCULOS E TECIDOS SÃO
VISÍVEIS, MAS ESTAS ESTRUTURAS
NÃO SÃO AFETADAS. PODE HAVER
FORMAÇÃO DE TÚNEIS DE DANO
NESTA FASE
PRESENÇA DE TECIDO NECRÓTICO
E ATINGE A MUSCULATURA .

FASE IV

ESTAS ÚLCERAS AFETAM OS OSSOS,
E MÚSCULOS SUBJACENTES, BEM
COMO ARTICULAÇÕES, TENDÕES
E NERVOS.


FONTE: NEWS MEDICAL LIFE 
SCIENCES


Nenhum comentário:

Postar um comentário